Método Kodály

Zoltan Kodály (1862-1967) foi um compositor, musicólogo e pedagogo húngaro. Ele acreditava que a música deveria pertencer a todos e dessa maneira dedicou-se a torná-la uma linguagem “natural”. Seu método de ensino, hoje conhecido mundialmente como “Método Kodály”, tem por objetivo a aquisição da linguagem musical como um instrumento auxiliar no desenvolvimento físico, intelectual e afetivo do educando.  Em sua proposta o ponto de partida é a vivência da música e o ponto de chegada é o conhecimento teórico.  Seu método baseia-se no canto coletivo, o qual consiste em melodias simples e segue uma sequência de intervalos melódicos (distância entre uma nota e outra). O ritmo não é ensinado separadamente da melodia,  mas conjugado a ela. Para a leitura rítmica, Kodály baseou-se no sistema de “silabação rítmica”, cujas palavras mais usadas são “ta” para representar uma semínima, “ti-ti” para representar duas colcheias e “ti-ri-ti-ri” para representar quatro semicolcheias.  De maneira lúdica, a criança aprende a leitura rítmica através da utilização de desenhos ou símbolos que correspondam a cada figura rítmica, como mostra o exemplo a seguir:

O Método Kodály vigora em seu país desde a década de 1940. No Brasil o método é difundido pela Sociedade Kodály do Brasil, fundada em 1993, em São Paulo, filiada à International Kodály Society.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: